Licença Creative Commons

Seguidores

Pessoas que gostam de Animais

quinta-feira, 12 de março de 2015

Cateto

Nome em inglês: Collared Peccary;

Nomes em espanhol: Coche De Monte, Báquiro Cinchado, Pecarí De Collar e Saíno.

Nomes Vulgares: Cateto e Caititu.

Distribuição geográfica: Ocorre nos Estados Unidos, México, Guatemala, Belize, Honduras, El Salvador, Nicarágua, Costa Rica, Panamá, Colômbia, Venezuela, Equador, Peru, Bolívia, Guiana, Suriname, Guiana Francesa, Paraguai, Argentina e Brasil.

Descrição física: É a menor espécie viva da família tayassuidae. O comprimento da cabeça e corpo tem entre 84 a 106 cm e o da cauda até 10 cm. Pesa entre 15 a 28 kg, embora alguns podem chegar a mais de 40 kg.. A altura até o ombro é entre 30 a 50 cm. Apresenta coloração cinza escura pelo corpo, sendo mais negra nos membros e crista dorsal. O cateto tem uma faixa de pelos brancos que se estende do peito até os ombros. Os filhotes tem coloração marrom avermelhada pelo corpo e uma faixa marrom mais escuro escuro no dorso.

Alimentação: Pode se alimentar de frutas, raízes, sementes, tubérculos, partes comestíveis de plantas verdes pequenos vertebrados e invertebrados. Sua dieta varia conforme o habitat, como sendo principalmente frugívoro em florestas tropicais.

Hábitos: Os catetos vivem em grupos que podem ter de 5 a mais de 30 indivíduos. Os grupos se dividem em subgrupos, que durante o dia podem chegar até 3 indivíduos, e se unem no início da manhã e final da tarde.

Habitat: Habita uma variedade de habitats, como florestas tropicais, cerrado, pantanal, desertos, caatinga, chaco, floresta nublada e até ambientes alterados pelo homem. No sopé dos andes o cateto vive até entre 1.000 a 1.500 m, embora já foram encontrados a mais de 2.000 m acima do nível do mar no Equador.

Reprodução: As fêmeas tem um período de gestação que dura entre 141 a 151 dias e podem nascer até 2 filhotes.

Taxonomia:

Reino: Animalia;
Filo: Chordata;
Classe: Mammalia;
Ordem: Cetartiodactyla;
Família: Tayassuidae;
Gênero: Pecari;
Espécie: Pecari tajacu (Linnaeus, 1758).





















Ilustração: Richard Lydekker https://www.flickr.com/photos/biodivlibrary/7971648260/in/set-72157631500644110



















Foto: Brian Gratwicke https://www.flickr.com/photos/19731486@N07/4085983018





Foto: Jerry Oldenettel https://www.flickr.com/photos/jroldenettel/8274811260/in/photostream



























Foto: Hillebrand, Steve http://digitalmedia.fws.gov/cdm/singleitem/collection/natdiglib/id/9580/rec/1

Referências:

http://www.iucnredlist.org/details/41777/0 acessado em 12/3/2015

Taber, A. B; Altrichter, M; Beck, H; Gongora, j. (2011). Family Tayassuidae (Peccaries). P. 305-306 in: Handbook of the mammals of the world. Vol 2. Hoofed Mammals. Lynx Edicions, Barcelona.

Eisenberg, J. F; Redford, K. H. Mammals of the Neotropics, Volume 3 : The Central Neotropics: Ecuador, Peru, Bolivia, Brazil. Chicago, Londres: Chicago University Press, 1999, P. 355.

DESBIEZ, A.L.J. ; Keuroghlian, A. ; BEISIEGEL, B.M. ; Medici, E. P. ; Gatti, A. ; Mendes Pontes, A. R. ; CAMPOS, C. B. ; Tófoli, C. F. ; Moraes Júnior, E. A. ; Azevedo, F. C. ; Pinho, G. M. ; Cordeiro, J. L. P. ; Santos Júnior, T. S. ; Morais, A. A. ; Mangini, P. R. ; Flesher, K. ; Rodrigues, L. F. ; Almeida, L. B. . Avaliação do Estado de Conservação dos Ungulados - Avaliação do Risco de Extinção do Cateto Pecari tajacu Linnaeus, 1758, no Brasil. Biodiversidade Brasileira , v. II, p. 74-83, 2012.

2 comentários:

  1. Oi Bruno, tudo bem? O teu blog andou dando algum problema?

    O meu viveu dando bug durante anos e anos. Cansei de hospedagem do Blogspot. Vou transferir o conteúdo dos meus dois blogs para um site.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristhian. O meu blog não deu problemas não. Estou postando menos por falta de tempo e poque estou fazendo postagens mais elaboradas e trabalhosas. Tenho vontade de transferir o conteúdo do meu blog para um site também.

      Excluir

Posição Atual da Terra e da Lua

Postagens populares

Ocorreu um erro neste gadget